Fim do ano letivo: O que sua escola deve analisar?

fim do ano letivo

Sumário

As férias e o fim do ano letivo representam para a gestão da escola, um momento de análise do que foi desenvolvido na Instituição de ensino.

Chegou o momento de avaliar a rotina escolar e descrever quais foram os aspectos positivos e negativos durante o ano letivo e, para isso, preparamos alguns pontos que devem ser analisados para que se consiga boas estatísticas. 

Retrospectiva do ano letivo: o que devo me atentar? 

Com a chegada do fim do ano letivo, algumas situações e obstáculos também chegam ao fim. Sem dúvidas, é tempo de recapitular o que foi planejado acerca do que virá no próximo ano. 

Faz-se necessário analisar o planejamento de forma organizada e eficiente para que, no início do ano letivo seguinte, o gestor consiga apurar dados e discutir com professores os avanços da escola ao longo do primeiro e segundo semestre. 

Sendo assim, alinhamentos com o corpo docente são fundamentais para o desenvolvimento de ações de aperfeiçoamento da Instituição, o que permite identificar as principais dificuldades e recolher sugestões para melhorias. 

Orçamento e saúde financeira  

A gestão financeira em Instituições de Ensino é um dos principais pilares para sua administração ser bem sucedida. Ela envolve o controle do fluxo de caixa, recebimento de mensalidades, inadimplência, o pagamento de professores e outras ações importantes. 

Além disso, possui um papel significativo para manter o bom funcionamento da instituição e, devido a sua importância, os gestores buscam as melhores práticas para otimizar o setor financeiro da escola e atingir os melhores resultados possíveis. 

Um bom planejamento é capaz de definir as prioridades da escola e controlar o orçamento disponível. Portanto indica-se analisar todos os resultados obtidos durante o ano para se preparar para o começo do ciclo letivo. 

Para conquistar e manter a saúde financeira, é necessário ter o controle dos recursos financeiros da Instituição, levando em consideração um planejamento estratégico. A partir daí, é possível reduzir gastos, ter um controle maior do fluxo de caixa e consequentemente, aumentar a retenção de alunos e diminuir a inadimplência.  

Separamos um blog com informações completas acerca do tema: Qualidade acadêmica e resultados financeiros: como estes assuntos se interligam? Clique aqui para acessar. 

Marcos positivos e negativos para alunos e equipe escolar  

O fim do ano letivo é sinônimo de cobranças, demandas e prazos, portanto, um bom planejamento pode ser o caminho para garantir a saúde mental dos alunos e o bom andamento da sua Instituição de Ensino.

É de grande importância que os alunos tenham plena consciência sobre o processo de aprendizagem do qual fizeram parte, para que assim, possam perceber o que aprenderam, como aprenderam e o que podem fazer individualmente ou em grupo, para potencializar e melhorar seu desempenho.

Para tornar visível aos alunos e colaboradores o que aprenderam e produziram ao longo do ano letivo, o feedback, que é um ato de comunicação que visa dar consciência sobre os processos, é um método de grande valia. 

Eventos, feiras, excursões e demais ações de integração e lazer 

Os PCNs (Parâmetros Curriculares Nacionais) destacam a importância de os alunos conhecerem e valorizarem as dimensões sociais, materiais e culturais do Brasil. 

As feiras, eventos, excursões e saídas pedagógicas abrem espaço para uma observação pessoal da realidade sem qualquer tipo de recorte. Diferentemente dos passeios e excursões, as saídas pedagógicas fazem parte do conteúdo curricular e não deixam ninguém de fora. 

As atividades de campo permitem que o mundo real seja comparado e aplicado aos conteúdos estudados. 

Com o fim do ano letivo, pode-se analisar sobre as programações realizadas em 2022 e iniciar uma boa pesquisa sobre destinos e eventos adequados ao público atendido pela Instituição de Ensino. 

Aprovações e reprovações 

As reprovações acontecem em casos transitórios: ao se formar no ensino fundamental ou no ensino médio, mudança para uma nova escola ou novo método de ensino. 

Embora pequenas falhas e decepções façam parte dos desafios, quando uma reprovação acontece, o ideal é que a Instituição envolva os pais para ajudar a entender e abordar o que pode estar interferindo no desenvolvimento do aluno. 

Se faz necessário uma reflexão conjunta entre escola e responsáveis, para que assim, as estratégias implementadas sejam bem estruturadas e não afetem negativamente as métricas e a reputação da Instituição. 

O SAEB (Sistema de Avaliação da Educação Básica) é um processo de grande importância, tanto para as escolas e alunos, quanto para a construção de uma educação de maior qualidade à nível nacional. Ele é importante para que sua Instituição entenda as particularidades e prepare seus alunos rumo à construção de uma educação de qualidade. 

Quer saber como preparar sua Instituição para o Sistema de Avaliação da Educação Básica? Confira o blog que separamos para você clicando aqui

Desempenho comparativo de alunos e turmas 

Com o fim do ano letivo, é importante avaliar o desempenho dos alunos e, para garantir que a qualidade dessa avaliação seja elevada, é necessário coletar informações precisas. 

Elas são o fruto do entendimento de que apenas avaliações regulares, realizadas mensalmente ou ao final do bimestre, não são suficientes para ter a dimensão exata do aprendizado do aluno e das melhorias necessárias. 

Os resultados comparativos de desempenho são fruto de um processo avaliativo conhecido como avaliação comparativa. Estas, são avaliações que utilizam do recurso da comparação para entender os gargalos do ensino e coletar insights para a resolução das questões. 

Ela pode ser feita através de um trabalho em conjunto, uma atividade ao final da aula ou a correção em grupo de alguma outra atividade. 

Uma das grandes vantagens das avaliações comparativas é que elas fornecem um feedback em tempo real do aprendizado do aluno e, dessa forma, os educadores têm mais tempo para identificar possíveis defasagens para mudança de estratégias em tempo hábil.

Por que oferecer resultados comparativos de Desempenho no Ensino Básico?

Plano de aula

O plano de aula é um documento elaborado com objetivo de definir os temas das aulas, os objetivos e o que exatamente será ensinado durante o período letivo e ao verificá-lo ao fim do ano letivo, deve-se analisar a assimilação do que foi ensinado, dentre outras coisas. 

E por que não propor uma atividade final para avaliar a aprendizagem dos alunos individualmente para descobrir o que realmente foi efetivo e o que não foi? Assim, você, professor ou gestor, consegue aperfeiçoar os resultados se baseando em dados para o próximo ano. 

Faça uma lista para avaliar os planos que elabora. Claro que, você professor, pode acrescentar elementos de acordo com a realidade atual da sua turma, porém, analisando item por item, é possível rotular o plano de maneira que ele fique claro, objetivo e sucinto. 

Índices no MEC 

Por fim, mas não menos importante, o Índice do MEC, que mede a trajetória de aprendizado do aluno por meio de comparativos de quando ele entrou na IES e quando saiu, é mais um indicador de extrema importância que deve ser analisado. 

Eles têm um impacto maior do que o mero controle governamental. Eles se tornaram um parâmetro comparativo entre as Instituições de Ensino diante do público, resultando em grande influência no mercado educacional e na escolha dos alunos durante a busca por instituições de ensino. 

O acesso aos resultados é feito pelo Portal e-MEC e, para consultar a nota para sua Instituição de Ensino, você deve acessar o portal e efetuar sua busca em uma das abas da ferramenta. É possível realizar a consulta interativa, consulta textual e consulta avançada. 

Conclusão 

A gestão escolar encontra diversos desafios durante o dia a dia, e ao fim do ano letivo, é fundamental que se utilize de todos os dados coletados para organizar com atenção o próximo semestre e investir em melhorias para a Instituição, com base nas diferentes demandas de alunos, professores e responsáveis, e claro, da própria escola. 

É interessante aproveitar este momento para fazer um balanço das análises nas mais diferentes turmas, bem como refletir sobre as ações que podem ser tomadas a respeito.

Esse também é o momento de se questionar em relação à gestão escolar e aos sistemas utilizados para centralizar as informações e permitir uma análise profunda e individual do desempenho de cada aluno.
Conheça mais sobre a Prova Fácil Escolas e venha fazer parte desse time campeão na educação!

Compartilhe este conteúdo:

Posts relacionados:

Processo seletivo humanizado

Processo Seletivo Humanizado

No competitivo mercado de trabalho atual, as empresas estão constantemente buscando maneiras inovadoras de atrair e reter os melhores talentos. Uma abordagem que tem ganhado

Leia mais

Inscreva-se em nossa Newsletter

Toda semana dicas e conteúdos educativos da Prova Fácil para você!