Como e por que usar podcast em sala de aula?

Sumário

A popularidade de plataformas como Spotify, sobretudo entre os jovens, faz do podcast em sala de aula uma ferramenta de ensino poderosa, que deve estar no radar dos educadores.

Segundo estudo realizado pela plataforma Cupom Válido, utilizando dados da Statista e IBOPE, o Brasil é o terceiro país que mais consome podcasts no mundo, atrás apenas da Suécia e da Irlanda.

São mais de 30 milhões de ouvintes, o que significa que 40% da população brasileira teve contato com o formato nos últimos 12 meses.

O que é Podcast e suas características?

O formato podcast foi criado em setembro de 2004 por Adam Curry, ex-VJ da MTV. 

Basicamente, o podcast consiste na transmissão e armazenamento de programas de áudio (e, às vezes, vídeo) para serem baixados ou assistidos via internet.

Atualmente, diversas plataformas disponibilizam o serviço, entre elas Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts, WeCast, entre outras.

Algumas das características que possibilitaram o sucesso do formato são:

  • A união entre hábitos antigos e novos: enquanto ouvir rádio era um hábito comum em pessoas mais velhas, o uso da internet faz parte do dia a dia do jovem. Sendo assim, os podcasts encontram um público amplo que transcende gerações.
  • A possibilidade de multitarefas: por se tratar, majoritariamente, de um conteúdo em áudio, os podcasts podem ser incorporados à rotina das pessoas enquanto elas realizam outras atividades. Por exemplo, dirigir, lavar louça, trabalhar, passear com o cachorro etc.
  • A variedade temática: existem podcasts para todos os gostos e faixas etárias, abordando os mais diversos assuntos. Os podcasts educativos, por exemplo, são o segundo gênero mais popular no Brasil.

Por que utilizar podcast em sala de aula?

Em termos de linguagem, os podcasts têm mostrado uma grande afinidade com o público jovem.

Por causa disso, muitos educadores perceberam neles uma forma de aumentar o engajamento dos alunos nos temas tratados em sala de aula.

Indicar podcasts para serem ouvidos em casa e discutidos posteriormente é uma excelente maneira de incentivar maior participação dos alunos, bem como facilitar a assimilação de conteúdos através de uma mídia com a qual eles já têm familiaridade.

Cinco possibilidades de se usar podcast em sala de aula

Utilizando podcast em sala de aula de línguas estrangeiras 

A melhor forma de aprender uma língua estrangeira é através da escuta e repetição.

Sendo assim, podcasts podem ser ferramentas poderosas para treinar a compreensão e pronúncia dos alunos.

E as maneiras de aplicar o formato são diversas: no caso de turmas mais avançadas, é possível sugerir um podcast em língua estrangeira para que os alunos escutem e façam um resumo do que entenderam.

Já se tratando de turmas iniciantes, o podcast pode assumir a função dos antigos CDs que acompanhavam os livros de inglês. Servindo como atividade de repetição, onde o aluno escuta a frase, pausa, repete e segue em frente.

Isso sem contar os podcasts específicos sobre idiomas, que podem servir como um ótimo material didático complementar.

Utilizando como recurso de informação 

Trazer o que acontece no mundo para dentro da sala de aula é algo de extrema importância, não é a toa que as atualidades são temas frequentes em vestibulares e nas redações do ENEM.

E o uso de podcast em sala de aula pode ajudar a pautar as discussões do dia a dia.

Atualmente, os principais portais de notícia possuem podcasts próprios: A Folha de São Paulo tem o Café da Manhã, O Globo tem o Ao Ponto, o Estadão tem o Estadão Notícias, a CBN tem O Mundo em Meia Hora, entre outros.

Dessa forma, é possível propor trabalhos que envolvem a escuta e o debate sobre os temas tratados nestes podcasts

É mais ou menos a mesma coisa que fazíamos antigamente, com jornais e revistas, só que agora com a vantagem de ser em uma mídia que permite maior engajamento.

Utilizando como material complementar e não-obrigatório 

Em tempos de ensino híbrido, é interessante pensar na produção de conteúdos para que os alunos acessem em casa a fim de complementar o aprendizado.

Pensando nisso, o professor pode produzir um podcast caseiro trazendo curiosidades sobre os temas tratados em aula, esclarecendo possíveis dúvidas ou mesmo fazendo uma revisão da matéria.

Isso ajuda não só no engajamento dos alunos, mas pode servir como um importante e moderno instrumento de estudo.

Utilizando na interpretação de textos e narrativas 

Segundo a pirâmide da aprendizagem, pensada por William Glasses, o ser humano retém apenas 10% da informação em uma leitura. Se essa leitura for acompanhada por recursos audiovisuais, o percentual salta para 30%. E, se depois disso, vier um debate, para 50%.

Sendo assim, incentivar os alunos a ouvir podcasts que tratem dos conteúdos vistos em aula, e em seguida, debatề-los pode ser uma estratégia fundamental para auxiliar na assimilação dos conteúdos.

E mais: ao ouvir aquilo que foi aprendido, depois de ler o conteúdo escrito, o aluno terá a oportunidade de melhorar sua interpretação de texto

Além de ter contato com novas narrativas e formas de estruturar uma história, aumentando seu repertório.

Invertendo a situação: criando um podcast com os alunos 

O uso de podcast em sala de aula não precisa ser somente passivo, onde os alunos são os consumidores. Eles também podem criar o seu próprio conteúdo!

Para isso, basta que a escola disponha de um ambiente mais silencioso e um celular capaz de fazer gravações, para transformar debates sobre os temas tratados na sala de aula em podcasts.

No caso do ensino remoto ou híbrido, os debates podem ser realizados de maneira online e gravados através de aplicativos como Zoom ou Google Meets.

Além de servir de experiência para o aluno entender como funciona o outro lado de uma produção audiovisual, a realização de debates em formato de podcast ajuda na troca de ideias, fortalece a capacidade argumentativa e permite que os alunos escutem a discussão para tirar novos insights.

Dicas de canais e podcasts de temas gerais 

Além dos podcasts sobre notícias e atualidades, citados anteriormente, existem outros excelentes para os educadores que querem usar podcast em sala de aula. Segue alguns exemplos:

  • Xadrez Verbal: como foco em política internacional e acontecimentos do mundo moderno, pode ser um excelente complemento aos podcasts de notícias.
  • Scicast: criado para ajudar alunos com dificuldades em matérias como Matemática, Química e Física, trazendo aplicações do dia a dia de uma forma simples e descontraída.
  • Aprenda inglês com música: um podcast com foco no aprendizado de uma segunda língua, através da maneira mais fácil e engajante de todas: as músicas que amamos.
  • Jornal da USP: levando o nome de uma das principais universidades do país, este podcast pode ser uma boa vitrine para os alunos começarem a pensar no Ensino Superior. Tratando de temas diversos que vão desde ciẽncia e música até política e preparação para o vestibular.

Ensine e avalie de forma diferenciada com a Prova Fácil

Como vimos, o uso de podcast em sala de aula serve para motivar os alunos, mas também para mostrar aos professores que existem múltiplas formas de ensinar e avaliar os estudantes.

E é por entender a importância tanto das avaliações tradicionais quanto dos novos métodos que surgem para medir e ampliar os conhecimentos do aluno, é que a Prova Fácil se tornou líder no mercado de gestão de provas da América Latina.

Na Prova Fácil, nós entendemos a importância de pensar na educação como um esforço conjunto, que precisa ter os olhos no futuro, através da tecnologia, mas sem esquecer o lado humano.

Pensando nisso, preparamos um infográfico com “5 Modelos para avaliar de forma diferenciada”. 

Baixe agora e amplie os horizontes avaliativos e educacionais da sua escola com a Prova Fácil!

Compartilhe este conteúdo:

Posts relacionados:

Processo seletivo humanizado

Processo Seletivo Humanizado

No competitivo mercado de trabalho atual, as empresas estão constantemente buscando maneiras inovadoras de atrair e reter os melhores talentos. Uma abordagem que tem ganhado

Leia mais

Inscreva-se em nossa Newsletter

Toda semana dicas e conteúdos educativos da Prova Fácil para você!